quarta-feira, novembro 26, 2008

Mãos feridas na porta dum silêncio



Vida que às costas me levas
porque não dás um corpo às tuas trevas?

Porque não dás um som àquela voz
que quer rasgar o teu silêncio em nós?

Porque não dás à pálpebra que pede
aquele olhar que em ti se perde?

Porque não dás vestidos à nudez
que só tu vês?


(Natália Correia)

2 Opiniões:

Blogger mfc opinou...

Há preces que nunca foram ouvidas...

quinta nov 27, 07:10:00 da tarde  
Blogger jrd opinou...

Vida avara.

quinta nov 27, 10:12:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Caminho de volta