segunda-feira, junho 20, 2005

Xicuembo em fim de tarde


Querido Carlos: “What’s a name?”, sim, que importância tem a troca de um nome, quando o mais importante esteve presente? O carinho dos abraços, o calor dos encontros, o feitiço das palavras, e em tudo a genuinidade de quem se quer bem, valem mais que um nome, seja ele qual for.
E foi assim, como em menino, que te vi no sábado. Mais que o homem feito e afeito a durezas mil, grisalho de cabelo e bigode, quem esteve ali foi um adolescente embaraçado com as palavras da primeira declaração de amor. Aquelas que se ensaiam diante do espelho, juntamente com o sorriso sedutor, e que à última hora falham, porque a alma, de tão pura e transparente, é inexprimível.
Obrigada, querido amigo, por partilhares connosco o carinho por Moçambique, pelo Ribatejo, pelos amigos que ali reuniste e a quem abracei com gosto. Houve xicuembo nesse final de tarde.

2 Opiniões:

Blogger Carlos Gil opinou...

Guida, Guida... mesmo com as tuas palavras, que confortam, ainda estou sem jeito, legítimamente envergonhado. Podia dar 1001 desculpas para o lapso, que ele não perdia a alcunha nem me lavava o vexame íntimo que me auto-infligui. Mas não 'falemos' mais nisto, o obrigado é todo meu, pelo carinho e apoio, 'lá' na minha prova de fogo, ora 'cá', no acto do mea culpa. E, afinal, tu e o João t~em razão: é realmente menor a troca do nome, quando sabemos que 'nos entendemos', sobre tanta coisa que é realmente importante falamos a mesma linguagem e, aí, não há trocas que seriam graves. Um beijo, muito carinhoso

terça jun 21, 06:19:00 da tarde  
Anonymous IO opinou...

Muito, muito bonito, Guida!! Um beijo, IO.

quarta jun 22, 01:34:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Caminho de volta